Histórico da Tec-E-Inova


Atualmente estamos vivenciando um processo de transição que exige competências amplas para acompanhamento do desenvolvimento submetido, passando de uma sociedade constituída de paradigmas da era industrial para entrar numa era caracterizada como sociedade do conhecimento. Um novo contexto em que a competitividade tecnológica tem se mostrado como um dos principais elementos de diferenciação entre as empresas. Na sociedade do conhecimento o capital passa do tangível para o intangível, a economia evolui de nacional para global, as atividades passam de centralizadas para descentralizadas. Assim, o específico torna-se visível e o uso da rede mundial de computadores e novas tecnologias faz com que novas oportunidades sejam vislumbradas para as organizações da região. 

Dentro do conceito da Triple Helix, agentes empresariais, de pesquisa e governamentais têm convergido esforços no intuito de adotar estratégias criativas e efetivas no que tange ao desenvolvimento de empresas e entidades. Assim, saber usar e estimular ações que resultem em novos conhecimentos, acesso às novas tecnologias, a novos mercados e à geração de novos negócios é fundamental para o crescimento e o desenvolvimento do município e de nossa região. Estes objetivos norteiam as edições da Feira de Tecnologia, Empreendedorismo e Inovação – TEC-E-INOVA, que parte para a 6ª Edição em maio de 2012 que tem na sua realização as entidades: Prefeitura Municipal de Ijuí, UNIJUI – Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul e SINDILOJAS – Sindicato do Comércio Varejista de Ijuí.

Foi em 2007 que o Município de Ijuí, UNIJUÍ, Sindilojas Ijuí e Fecomércio, em uma parceria inovadora e inédita na região, realizaram a primeira edição da Tecnologia, Empreendedorismo, Inovação (TEC-E-INOVA). Uma Feira de Possibilidades, onde os assuntos de Empreendedorismo, Tecnologia e Inovação são abordados em debates, eventos e amostras.

Na primeira edição da TEC-E-INOVA, o objetivo era desenvolver uma Feira na qual fosse possível apresentar “cases de sucesso, experiências já desenvolvidas” sejam ligadas a empresas, instituições de ensino ou na área pública. Foi esse o primeiro pensamento do empresário e presidente do Sindilojas na época, Marco Aurélio Ferreira, quando idealizou a 1ª TEC-E-INOVA.Também se tinha a expectativa de promover um debate que fomentasse o espírito empreendedor nos jovens da região, estimulando assim, o desenvolvimento de empresas e ações voltadas para a tecnologia e a inovação. A feira contou com a participação maciça da população, principalmente do público jovem, evidenciando a necessidade da existência e continuidade da Tec-E-Inova. Já, na 2ª edição em 2008, a feira foi realizada no campus da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UNIJUÍ, num espaço de mais de 5.000 metros quadrados, seu público chegou a 35 mil pessoas. O espaço para os expositores foram ampliados, com o objetivo de oferecer maior conforto para o público das palestras e oficinas.  Outro ponto importante que vai ao encontro do pensamento de inovação e de valorização do jovem, foi a criação nesta edição da TEC-E-INOVA do Prêmio Empreendedor, que tem como objetivo justamente premiar e valorizar os jovens empreendedores locais. Os números expressivos obtidos, também ressaltavam o aspecto de inserção da comunidade no processo de elaboração da Feira e no debate de seus pilares, a tecnologia, o empreendedorismo e a inovação.

No ano seguinte a 3ª TEC-E-INOVA em 2009, se caracterizou por um evento com exposição de tecnologias regionais e de outros estados, realização de negócios entre empresas, parcerias com órgãos governamentais, negócios com o sistema financeiro, palestras e oficinas. Foi uma oportunidade ímpar para empreendedores conhecerem e exporem seus produtos. Em 2010, com perspectivas iniciais de coalisão já alicerçadas sobre a aliança do poder público, iniciativa privada e universidade, a 4ª edição da TEC-E-INOVA consolidou o evento que transcendeu ao êxito de público e expositores. Neste ano, a Feira estabeleceu também, um legado palpável para o município. A liderança dos jovens empresários como, Fabrício Ramos, presidente da Feira, que constituiu sua empresa após a participação na primeira Tec-E-Inova, e de Alexandre Acosta, presidente do Sindilojas, deram um caráter ainda mais inovador ao evento. Através do Seminário “Ijuí 2020”, desenvolvido durante a Feira, com a participação de lideranças, autoridades e expoentes engajados na geração de desenvolvimento, foram discutidos todas as potencialidades, possíveis deficiências e as formas de alavancar, por meio da tecnologia e o empreendedorismo, todos os setores da economia de Ijuí e conseqüentemente da região, já que o município constitui-se em pólo regional. O seminário apoiou a criação do Conselho Municipal de Ciência, Empreendedorismo, Tecnologia e Inovação de Ijuí - instrumento consultivo de cooperação e assessoramento governamental que tem por finalidade auxiliar a administração na orientação, fortalecimento, planejamento, interpretação e julgamento de temas que sejam de sua competência. Além disso, a edição 2010 da TEC-E-INOVA mostrou uma Feira mais presente e consciente do seu papel como evento fomentador no município e região da Tecnologia, Empreendedorismo e Inovação de forma real, materializada em ações concretas que trazem a base para a realização da próxima Feira em 2012.

Apoiadores

Logo Fecomércio
Logo ACI
Logo Prefeitura Municipal de Ijuí
Logo Badesul
Logo BRDE
Logo SICREDI
Logo Radiolar
Logo Lumiun Tecnologia

Admin | Webmail

Copyright © 2017 Tec-E-Inova 2016. Todos os direitos reservados.

Logo 13 Bits